Leonardo Jaffé

Este menino tão jovem carrega com sigo um sobrenome que já entrou para a história do ensino dos instrumentos de cordas dentro e fora do Brasil.
Leonardo começou a estudar violino aos cinco anos de idade, e sua estreia como solista aconteceu em 2008, com apenas 10 anos de idade, quando se apresentou no Teatro Coliseu, em Santos, solando o “Concerto em Lá Menor” de Antonio Vivaldi.
Desde então participou de vários festivais pelo Brasil, como o Femusc, sendo Spalla da Mega Orquestra sob a regencia de Alex Klein em 2010 e 2011. Tendo aulas com Leon Spierrer, Marcelo Guerchfeld, Charles Stegmann e Shmuel Ashkenasi.
Nos Estados Unidos, esteve no Michigan para o Interlochen Summer Arts Camp, sendo Spalla da Interlochen Symphony Orchestra e regendo o hino da escola, Na Flórida, participou do Summer Music Academy, sendo escolhido para tocar o Concerto de Max Bruch no Honor’s Recital.
Atuou como solista em turnês pela Argentina, Estados Unidos e Itália. Na Turnê Americana, passando pela University of Georgia, participou em Master Classes com o Professor Levon Ambartsumian.
Em 2011, Leonardo obteve o 1º lugar no Concurso Nacional de Cordas Paulo Bosísio, em Juiz de Fora, Minas Gerais.
Em 2012, com apenas 14 anos de idade, Leonardo teve sua debut a frente de uma Orquestra Sinfônica, tocando o Concerto de Mendelssohn com a Orquestra Filarmonica de Manaus, no Teatro Amazonas, sob a regência do Maestro Luiz Fernando Malheiro.
Em 2013, Leonardo mudou-se para a Yehudi Menuhin School, na Inglaterra. Sendo o primeiro aluno brasileiro a ingressar nesta, que é certamente uma das mais renomadas escolas de violino do mundo.
Em novembro de 2014, Leonardo fez seu debut no Carnegie Hall em NY com enorme sucesso. Tocando Wieniawsky.
No verão 2015, participou do Crans-Montana Classics, na Suíça, sendo mais uma vez o primeiro brasileiro a participar, tendo aulas com Cihat Askin, Hagai Shaham, Zakhar Bron e Shlomo Mintz.
Em Julho de 2016 realizou uma turnê de recitais pela Flórida, tocando no Tyler Recital Hall no Mattie Kelly Arts Center, na Northwest Florida State College, na University of South Alabama, Laidlaw Performing Arts Center e na Mcilwain Presbyterian Church.
Em Outubro do mesmo Leonardo interpretou a Carmen Fantasy de Pablo de Sarasate, na Flórida, e em seguida, o Concerto Duplo de Bach com Sophia Prodanova e a Yehudi Menuhin School Orchestra em Namur, na Belgica.
Em 2017, depois de formar-se na Yehudi Menuhin School, mudou-se para os Estados Unidos, tendo conquistado um lugar no prestigioso New England Conservatory, em Boston.
Ainda em 2017, Leonardo voltou a Manaus sendo convidado a aprensentar-se com a Amaonas Filarmônica, o Concerto para Violino de Tchaikovsky, sob a regencia do Marstro Marcelo de Jesus.


Voltar